Economia Solidária e Finanças Solidárias

A Economia Solidária é uma forma de produção, consumo, comercialização e distribuição da riqueza centrada na valorização do ser humano e não do capital. Para que isso aconteça, tem como princípios o cooperativismo, a autogestão e a igualdade entre os membros, entre outros.

A Economia Solidária preocupa-se com as dimensões social, política, ecológica e cultural de tais processos de produção e distribuição de riqueza, pois acredita que o desenvolvimento de cada empreendimento e de cada comunidade deve trazer melhorias na qualidade de vida de seus envolvidos, tendo em vista a construção de um ambiente mais justo, humano e sustentável.

As Finanças Solidárias, uma iniciativa econômica solidária da qual os Bancos Comunitários de Desenvolvimento (BCDs) fazem parte, podem ser entendidas como a circulação de bens e serviços a fim de estimular a economia local no sentido de melhorar a situação de vulnerabilidade socioeconômica de uma determinada comunidade, levando em conta suas particularidades, preservando o meio ambiente e suas raízes históricas e culturais. A democratização do acesso aos recursos financeiros vem também no sentido de dinamizar a produção, comercialização e consumo com base em princípios econômicos solidários.

 

Leia mais:

 

 

Quem somosLinhas de crédito | Articulação e Mobilização ComunitáriaNotícias | Contato | Página inicial