Quem somos

O Banco Comunitário de Desenvolvimento Nascente é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que oferece serviços financeiros solidários com o objetivo de estimular a geração de trabalho e renda e a economia local. É  uma iniciativa sócio-econômica que tem a estratégia de fomentar o desenvolvimento territorial nos bairros da zona sul da cidade de São Carlos-SP, que incluem o Jardim Gonzaga e seu entorno.

O Banco Comunitário é administrado segundo os interesses e acordos da comunidade, fazendo com que os seus serviços sejam acessíveis e direcionados exclusivamente para os consumidores, produtores e comerciantes locais. Os trabalhadores/as são também moradores da comunidade, o que gera uma outra forma de relação e atendimento, muito mais humana e pessoal.

Hoje são oferecidas pelo Banco Nascente duas linhas de crédito: de consumo e produtivo. A garantia das operações se dá através do aval solidário: é a própria comunidade responsável pelo histórico da pessoa e pela cobrança em caso de inadimplência. Assim, o acesso ao crédito acontece de forma bem mais prática, fortalecendo uma rede interpessoal mais justa entre os moradores da comunidade. O fundo monetário que o Banco dispõe para estes empréstimos foi levantado a partir de ações que contaram com a colaboração de parceiros e de iniciativas próprias, como a organização de vendas de pizza, pastéis e festivais de prêmios, que ocorreram dentro do próprio território.

A missão do Banco Nascente é promover o desenvolvimento do Jd Gonzaga e entorno, através da organização e mobilização popular acerca de questões sociais, políticas e econômicas particulares do território e da sua relação com a cidade como um todo. Por isso, o Banco está envolvido em ações ligadas aos direitos humanos, educação, ao uso de drogas, incentivo ao esporte, para o controle e desenvolvimento de políticas públicas e sociais. As suas ações também visam desenvolver e fortalecer o comércio local a partir da canalização do consumo através da circulação da moeda social VIDA e divulgação dos comerciantes parceiros do Banco.

A Entidade Gestora do Banco Nascente, que carrega CNPJ de número 18.572.270/0001-32, é a AMADESol, Associação Minas d’Água de Desenvolvimento Solidário, formada por moradores/as da comunidade e outros colaboradores/as que acreditam e acompanham a consolidação e fortalecimento do Banco Nascente.

 

Estrutura de funcionamento e organograma do Banco Nascente (por Diogo Tafuri, tesoureiro da AMADESOL, acessor do Banco Nascente e membro da Rede Paulista de Educadores e Educadoras de Economia Solidária):

Reunião do Trabalhadores do Banco Nascente: Espaço de discussão e deliberação periódico, prioritariamente ocupado de modo exclusivo pelos trabalhadores do Banco Nascente.

Comitê de Análise de Crédito: Possui como função discutir, aprovar e acompanhar os pedidos de créditos solicitados e concedidos; participará do CAC, além dos trabalhadores do Banco Nascente e de representantes do CG, alguns apoiadores externos que tenham especial relevância para as discussões empreendidas. A composição do CAC, definida sempre pelo CG, deverá ser sempre respeitada, sendo definido também pelo CG o tempo que certa composição atuará dentro do CAC.

Fórum de Desenvolvimento Local: É um espaço de discussão e deliberação aberto à todas as pessoas da comunidade, que tratará de qualquer assunto relacionado com o dia a dia da comunidade, inclusive aos assuntos relacionados com o Banco Nascente. Por isso, estabelecerá uma relação próxima e contínua com o CG do banco.

Conselho Gestor: É a principal esfera deliberativa do Banco Nascente, sendo sua função estabelecer uma relação próxima e contínua tanto com o CAC quanto com o Fórum de Desenvolvimento Local. Composto pelos trabalhadores do banco, coordenação da AMADESOL, membros do CAC, assessores e representantes do Fórum.

 

 

 

 

Linhas de crédito | Articulação e Mobilização ComunitáriaNotícias | Contato | Página inicial